domingo, 22 de janeiro de 2017

Após morte de PM, mais de 30 são executados

(Foto: Antônio Melo/Diário do Pará)

 A onda de assassinatos que tomou conta de Belém desde a última sexta-feira (20) será alvo de uma investigação especial, realizada por diversos órgãos do sistema de segurança do Pará. Entre a manhã de sexta e a noite de sábado (21), foram registrados mais de 30 execuções na Grande Belém, segundo dados atualizados. A suspeita é que a maioria dos assassinatos tenham ligação com a morte do soldado Rafael da Silva Costa, da Rotam.

 Em nota, a Polícia Militar informou que "a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará instalou um gabinete permanente de situação, envolvendo todos os órgãos da área para acompanhar e monitorar os acontecimentos". 

Na manhã de sábado, foi feita uma reunião com gestores dos órgãos de segurança para discutir o caso e determinar uma "rigorosa apuração de todos os crimes, com envolvimento direto das corregedorias da Polícia Civil e Polícia Militar, para esclarecer os fatos, identificar e punir os responsáveis".

 O elevado índice de violência relembra a chacina ocorrida em 2014 nos bairros do Guamá, Jurunas e Terra Firme, em Belém, após a morte do cabo da Rotam Antônio Marco Figueiredo, conhecido como Pet. Na ocasião, 11 pessoas foram mortas após a execução do policial. Investigação sobre o caso aponta que alguns dos crimes foram uma retaliação contra a morte do PM.
 (DOL)

sábado, 21 de janeiro de 2017

Nélio Aguiar: “Governo de Von deixou dívida de R$ 96 milhões” Prefeito Nélio Aguiar diz que vai priorizar renegociação de dívida deixada pelo governo do ex-prefeito Alexandre Von.

Em pronunciamento feito na manhã de segunda-feira (16), na tribuna da Câmara Municipal, durante a abertura dos trabalhos legislativos de 2017, o prefeito de Santarém Nélio Aguiar, ressaltou que vai priorizar a renegociação da dívida de aproximadamente R$ 96 milhões, deixada pelo governo passado. 

O gestor municipal afirmou estar preocupado com penalidades decorrentes dessa dívida. “Estamos impossibilitados de realizar qualquer convênio com o governo do Estado e com o governo Federal.

 Estamos priorizando a renegociação desse débito, o parcelamento dessa dívida para que a gente possa sair do caos”, declarou o Prefeito. Durante o discurso, Nélio Aguiar reafirmou o compromisso com a população santarena assumido em campanha e destacou algumas prioridades de governo. Uma delas é o corte de gastos. “A curto prazo, a única saída cabível é a adequação dos gastos com o Município à realidade atual, com o máximo possível de redução de despesas com pessoal, com aluguéis de veículos e de imóveis e com a diminuição de investimentos que demandem somente recursos próprios, que não sejam considerados prioritários”, ressaltou.

 RELATÓRIO FINAL SOBRE RESTOS A PAGAR: 

“Essas informações ainda são parciais, pois até o presente momento ainda não foi repassado à nossa equipe de transição o relatório final, inclusive descumprindo a Instrução Normativa do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) cujo prazo final foi dia 05 de janeiro. Já encaminhamos uma solicitação para que seja entregue esse relatório, bem como informamos que nós estaremos mandando uma notificação ao TCM devido ao descumprimento da Instrução Normativa de Transição. São os dados mais importantes para tomarmos decisão, da situação financeira do Município e até hoje não foram repassados de forma clara e concisa. O que temos em mãos são dados colhidos de algumas secretarias. O que queremos é que esses dados sejam repassados de forma oficial, em forma de relatório, como prevê a Instrução Normativa”, informou Nélio Aguiar. 

Esse atraso nas informações do relatório final, do que realmente está inscrito em resto a pagar, o que realmente a Prefeitura deve, pra quem deve, tem prejudicado nosso início de governo. Por exemplo, temos uma empresa de asfalto que não está fornecendo esse material para nós, pois tem dívida do governo passado. 

Nós não podemos pagar dívida do governo passado se não chegar de maneira oficial. Com isso acaba atrasando o fornecimento de alguns materiais, como o asfalto, pois precisamos realizar a operação tapa buraco, já que o inverno começou. Isso fez com que eu tomasse a decisão de comprar o asfalto à vista”, declarou o Prefeito.

 DIREÇÃO DO HOSPITAL MUNICIPAL DE SANTARÉM:

 Esta semana o fato que mais chamou atenção foi a saída da médica Ilmara Mudi da direção do Hospital Municipal de Santarém, cargo que havia assumido recentemente. “Em relação ao Hospital Municipal de Santarém, a Dra. Ilmara Mudi foi convidada a assumir a direção interinamente, uma vez que é médica concursada do Município, coordena o Samu e faz parte da auditoria. Ela estava acumulando várias funções e teve que voltar ao Samu, onde estamos tendo problemas, com dificuldades de ambulâncias, onde temos duas delas quebradas e só uma em atividade, sendo que precisamos dar uma atenção maior ao Samu. Houve também questões de ordens administrativas do Hospital, entre a direção e o enfermeiro Josiel, onde foi preciso o Secretário tomar a decisão de retornar a Dra. Ilmara à coordenação do Samu e transferiu o enfermeiro Josiel para a UPA 24 Horas. 

A direção do Hospital continua na interinidade, pois estamos esperando uma decisão de uma outra pessoa que posteriormente será anunciado seu nome. Por enquanto a administradora hospitalar, Carla, vai ficar interinamente na direção do Hospital Municipal”, finalizou Nélio Aguiar. 

INADIMPLÊNCIA IMPEDE O MUNICÍPIO DE FIRMAR CONVÊNIOS:

 O vereador Alysson Pontes (PSD) disse que o problema compromete o andamento da nova administração municipal. “Hoje o Município não consegue receber convênios devido estar devendo INSS e débitos de outras naturezas, tendo em vista uma gestão [de Alexandre Von (PSDB)] displicente”, disse Alysson Pontes. O Vereador destacou, ainda, que é preciso vencer essa barreira das dívidas para se conseguir implantar um governo eficiente. “Esse será um desafio a ser ultrapassado com uma gestão pública de qualidade; austera, para que nós possamos por meio de políticas públicas eficientes, contabilidade justa, uma política tributária que possa desenvolver o Município, podendo sanar esses débitos”, informou. Alysson Pontes apontou, ainda, que, além de quitar as dívidas, o caminho para o Executivo trabalhar neste momento de crise econômica que o País enfrenta seria firmar alianças com os governos estadual e federal, para que recursos ingressem no orçamento do Município e se possa fazer políticas públicas de qualidade.

 GRANDE DESAFIO

Segundo o vereador Henderson Pinto (DEM), a crise econômica não é o único problema enfrentado pela nova gestão municipal. “O prefeito Nélio recebe a Prefeitura com grande desafio, além da crise enfrentada, há também um débito de quase cem milhões de reais. Parte desse débito com mais de trinta milhões em caixa, mas quase sessenta milhões com recursos que ainda não adentraram. São dados que ainda não foram fechados e podem aumentar”, cita. O Vereador apontou o que seria a maneira de a administração agir diante das dificuldades. “Fazer uma parceria, mostrando transparência, austeridade e, sobretudo, vontade de trabalhar, usando o recurso que se tem em benefício da população com obras e serviços”.

 Henderson Pinto observou, ainda, que o prefeito Nélio Aguiar tem se aproximado da população. “Foi feita uma garantia [pela gestão] que o plano a ser efetivado em Santarém irá contar com a participação popular”, sustenta. “Sabemos dos desafios, mas não podemos esperar que essa crise seja justificativa para que a gente não avance”, finalizou Henderson Pinto.

 Por: Jefferson Miranda Fonte: RG 15/O Impacto

Prefeituras do Pará recebem R$ 1 bilhão

Foi creditado na conta das prefeituras, ontem, o segundo repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) deste mês.

 O montante soma pouco mais de R$ 1 bilhão, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em valores brutos, sem o desconto, o FPM é de R$ 1,30 bilhão. 

As prefeituras do Pará recebem um total de R$ 29,4 milhões, já descontadas a retenção do Fundeb (20%), da Saúde (15%) e Pasep (1%).

 O valor bruto alcança R$ 45,9 milhões. COMPARATIVO A área de Estudos Técnicos da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) fez um comparativo com a segunda dezena de janeiro de 2016 e verificou um crescimento de quase 11% nesse período.

 O percentual não inclui os efeitos da inflação. Se for considerado nos cálculos, os dez dias apresentam crescimento de 5,7%. A confederação recomenda cautela aos prefeitos. PARA ENTENDER - Para o mês de fevereiro, é esperado um aumento de 39% no Fundo de Participação em relação ao mês anterior. - O mês de março, por sua vez, deve registrar um decréscimo de 39%. 

(Diário do Pará)

URUARÁ : CASAL É TRUCIDADO COM REQUINTE DE BRUTALIDADE.


POLICIA SUSPEITA TER SIDO CRIME PASSIONAL

Um duplo homicídio ocorrido na madrugada deste sábado 21, no Bairro Jardim Morumbi, zona oeste da cidade de Uruará, é investigado pela Polícia Civil do município. Por volta das 3 horas da manhã, um homem e uma mulher foram mortos de forma brutal. 

O homem identificado pelo nome de Ronilson de Carvalho, 26 anos, foi morto a golpes de marreta na cabeça e a mulher identificada até o momento pelo prenome de Leidiane, que morreu por estrangulamento.   O casal estava no interior de uma residência do Bairro Jardim Morumbi, na zona oeste da cidade, quando foram assassinados.  Ambos os corpos foram encontrados sem roupas no chão da casa.

Antes de serem assassinadas, as vítimas teriam ido a uma festa no mesmo bairro.  E provavelmente o casal foi seguido ao retornar para casa onde o crime aconteceu. A polícia apura os fatos e a identificação da mulher ainda é incerta, sabe-se que ela era conhecida pelo nome de Leidiane. Segundo as informações já coletadas a mulher trabalhava em bares. Mas pouco ainda se sabe a respeito das motivações do crime e o autor do duplo homicídio ainda é desconhecido.

A polícia trabalha com hipótese de crime passional. Mas pode surgir outra linha de investigação, como motivo de vingança.

A equipe de plantão da Polícia Civil (EPC Ivan Santos, IPC José Tadeu e DPC Walison Damasceno) e a GU de serviço da Polícia Militar sob o comando do Sargento Cleiton, estiveram no local levantando as primeiras informações do crime. Os dois corpos foram levados por agente funerário para o necrotério do hospital Municipal de Uruará. Até a publicação desta matéria os familiares das vítimas ainda não haviam sido localizados.

FONTE  Joabe Reis
Informações: Polícia Civil


sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Pastora que quebrou santa com martelo sofre parada cardíaca Pastora usou martelo para quebrar as imagens tidas como referência religiosa.

Pastora que destruiu imagem de Nossa Senhora sofre parada cardíaca (Foto: Reprodução/Google) Publicidade Depois de ter aparecido em um vídeo totalmente desrespeitoso, em que sua intolerância religiosa ficou em evidência, uma #Pastora #Evangélica, cujo nome foi divulgado como Zélia, aparece martelando uma #imagem de Nossa Senhora Aparecida.

 Esse ato de blasfêmia aconteceu na cidade de Botucatu, no interior de São Paulo. Na última quinta-feira, dia 12, a pastora acabou sofrendo uma parada cardíaca em sua residência e teve que ser levada com urgência para um hospital da cidade. A parada cardíaca se caracteriza por uma paralisação súbita das atividades do coração, podendo ser influenciada por diversos fatores. 

A causa da parada cardíaca sofrida pela pastora não foi revelada. O que parece é que foi um certo "castigo", por ter tido total ódio por uma imagem, para chegar ao ponto de quebrá-la brutalmente, em um ambiente exposto ao público, e ainda publicar as imagens na internet. Um site conversou com a pastora sobre o ocorrido e ela revelou ter dialogado com anjos e voltou a terra. 

Na conversa, ela afirma ter arrependido e voltou atrás, dizendo que deve respeitar as religiões diferentes da dela.
 Ela acabou pedindo desculpas pelo seu ato de vandalismo e blasfêmia praticado contra a imagem. No vídeo em que destruiu a imagem, a pastora martelou diversas vezes o objeto de devoção dos católicos, até a completa destruição. As imagens foram gravadas por um cinegrafista amador, usando um celular, e, logo em seguida foram postadas nas redes sociais. Repercussão Em poucas horas, o vídeo obteve milhares de acessos e compartilhamentos nas redes sociais, e os comentários dos internautas repudiaram a atitude da líder religiosa. 

Recentemente, o tema "Intolerância religiosa" esteve em alta, pois foi utilizado como tema de redação de uma das maiores e mais importantes provas de seleção do Brasil, o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Mas parece que, mesmo com o tema em evidência e muitas pessoas discutirem o assunto, isso não foi suficiente para a pastora, já que as imagens são consideradas de total desrespeito aos fiéis e devotos que seguem e acreditam na imagem.

URGENTE: PF apura que avião em que ministro Teori Zavascki embarcou era seguido há 16 dias

O furo de reportagem é do jornalista Cláudio Tognolli, do Yahoo A Polícia Federal quer saber quem acessou a foto do avião que vitimou Teori na base de dados do Beechcraft. 

De acordo com informações, a ficha contendo dados e a imagem da aeronave foi acessada quase 1.900 vezes em um único dia. Alguém estava atrás desses dados desde o dia 3 de janeiro. Repare abaixo no prefixo do avião – PRSOM

Loalwa Braz Vieira, cantora que ficou mundialmente conhecida pela música “Chorando se foi”, foi encontrada morta em Saquarema, RJ

O corpo da cantora (de 63 anos) estava no interior de um carro incendiado na manhã de hoje (19). A polícia informou que bandidos invadiram a pousada da artista e a colocaram no carro. Logo após, eles foram para uma estrada vicinal. Um funcionário da pousada (que acionou a PM) informou que ela gritou por socorro quando um bando (de 4 homens) invadiu o estabelecimento. 

Além do carro, a pousada também foi incendiada pelos bandidos, de acordo com o Corpo de Bombeiros. Loalwa é natural do RJ e cantava desde os 13 anos. Nos anos 80, ela se consagrou através da lambada com o grupo Kaoma, do qual era a vocalista. 

O hit “Chorando se foi” foi gravado em diversos idiomas e faz sucesso em mais de 100 países. Loalwa vendeu mais de 25 milhões de discos e foi premiada com mais de 80 discos de ouro e de platina.

Temer é pressionado a indicar Moro para o STF

Ainda que não faça opção por Moro, o presidente deve caprichar na escolha, apostam seus auxiliares (Foto: Reprodução/Facebook) Com a morte do ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), que ocorreu nesta quinta-feira (19), o presidente Michel Temer começou a ser pressionado a indicar o juiz Sérgio Moro para relator da Operação Lava Jato.

O chefe do executivo ouviu de amigos e até de alguns ministros mais próximos para que pensasse na possibilidade, como informou o colunista do Metro Jornal, Cláudio Humberto. O colunista diz que por mais que Temer não faça essa opção, ele terá que caprichar na escolha, apostam seus auxiliares. O presidente ouviu as opiniões pró-Moro com interesse, porém a sua decisão será feita sem pressa. A escolha do substituto de Zavascki é fundamental: o novo ministro vai herdar a relatoria da Operação Lava Jato, no âmbito do STF.

 A possibilidade do juiz federal Sérgio Moro no lugar de Teori Zavascki viralizou nas redes sociais. Praticamente uma unanimidade nacional. Amigos alegam, em mensagens a Temer, que Moro no STF mostraria a isenção do presidente em relação à Lava Jato. (Com informações da Band e do Metro Jornal)